jusbrasil.com.br
28 de Julho de 2021

Carta de uma advogada cristã

A jornada do Legado

Milena Carolina Pereira, Advogado
há 6 meses

É uma satisfação advogar ...

A vida de advogado não é em nada fácil, existem muitas pedras no caminho, e muitas situações difíceis e absurdas para lidar.

A jornada do legado de um advogado custa, porém é preciso trilha-la com sabedoria e sob três lentes:

A primeira lente é trilha-la sob o domínio de Deus, colocando-O à frente de tudo, digo TUDO, em nossa vida e profissão: na busca por bons clientes, no entendimento para cada situação de fato que nos é apresentada, no discernimento para filtrar as situações, buscando, sempre, a satisfação de um direito, seja ele qual for, na sabedoria da escrita para formação do convencimento, na oralidade em audiências, sustentações orais, aproveitando o sopro do Espírito Santo de Deus para menção das palavras corretas, na serenidade e humildade, a fim de se obter o respeito dos demais operadores do direito.

Todos esses frutos são colhidos quando se coloca Deus como Senhor de nossas vidas e não apenas Salvador.

A outra lente, é o viver em comunidade, pois quando entendemos que não somos autossuficientes e, em algum momento, ou quase sempre, precisamos um do outro, compreendemos que o alicerce dos relacionamentos é uma vida em harmonia com todos os sujeitos dessa relação.

A ultima lente e muito importante é a busca incessante pelo conhecimento e sabedoria dadas por DEUS. A importância do conhecer e da sabedoria, nos separa, nos torna diferentes, permitindo-nos desfrutar de algo impenhorável, inalienável, não perecível e imortal.

Tudo pode nos ser retirado: pai, mãe, filhos, marido, esposa, amigos, estagiários, secretárias, dinheiro, casa, carro, bens materiais em geral, dignidade, paz, sossego, felicidade, saúde, dentre tantos outros benefícios. Contudo, a única coisa que não nos será retirado por homens é o conhecimento.

Somente Deus dá ou recolhe a SABEDORIA.

Quando todas essas lentes se encontram em nós, conseguimos desfrutar de maravilhosas experiências profissionais advocatícias, como, por exemplo, a reversão de um recurso em um processo que você já desacreditava lá no fundo do coração, apesar de todo o esforço e trabalho e toda injustiça que, possivelmente, fez parte da lide, a concessão da segurança de um MS que você buscou incansavelmente por jurisprudências favoráveis para sua situação, não obtendo nenhum êxito nas buscas, mas escrevendo sua melhor peça, o elogio de um relator sobre a sustentação oral por você apresentada, a indicação de clientes por outros clientes, trazendo, assim, contratos importantes financeiramente, enfim, uma série de situações que vivemos e testemunhamos, permitindo-nos sentir orgulho da profissão escolhida.

Tudo isso nos leva a conquistar nossa Jornada do Legado.

Fácil, não mesmo, mas arrisco tentar...

Que vivamos com uma integridade inquestionável, exibindo nossa espinha moral que nos permite caminhar de modo genuíno.

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Que coisa belíssima! Sim, em uma profissão muitas vezes vista pela sociedade como advogados que são "lobos em pele de cordeiro" resta a nós, cada dia mais, nos fortalecermos na fé e sabedoria do Nosso Senhor! continuar lendo

Dra., colega, e irmã, parabéns pela carta, pelo posicionamento como cristã, pelo trabalho, convicção e pela vitória alcançada! Que Deus continue dando-te sabedoria em tudo! continuar lendo